Live Evil
NEUROSIS - Carioca Club (SP)
Live Evil
GORGOROTH - Hangar 110 (SP)
Live Evil
HAMMERFALL – Fortaleza/CE
Live Evil
HAMMERFALL - Carioca Club (SP)
Live Evil
DARK DIMENSIONS FOLK FESTIVAL
Live Evil
DELAIN - Manifesto Bar (SP)
Live Evil
ZAKK SABBATH - Carioca Club (SP)
Live Evil
ZAKK SABBATH - Circo Voador (RJ)
Live Evil
SATYRICON - Fabrique (SP)
Live Evil
ACCEPT - Teatro Rival (RJ)
Próxima
Qual o seu álbum preferido do AC/DC?
High Voltage (Austrália)
T.N.T. (Austrália)
High Voltage (Internacional)
Dirty Deeds Done Dirt Cheap
Let There Be Rock
Powerage
Highway to Hell
Back in Black
For Those About to Rock We Salute You
Flick of the Switch
Fly on the Wall
Blow Up Your Video
The Razors Edge
Ballbreaker
Stiff Upper Lip
Black Ice
Rock or Bust
14 de Dezembro 2017
RSS

05/08/2017
07:22 Live Evil



POP JAVALI
Estúdio Espaço Som - São Paulo (SP)
03 de agosto de 2017
Por Leandro Nogueira Coppi / Fotos: Humberto Morais
 
Após lançar em 2016 o seu primeiro álbum ao vivo, “Live in Amsterdam”, que foi gravado em outubro do ano anterior, em show realizado no The Waterhole, na Holanda, o Pop Javali não perdeu tempo e na sequência gravou o seu terceiro álbum de inéditas, que recebe o nome de “Resilient”. E se em seus dois primeiros discos - “No Reason to be Lonely” (2011) e “The Game of Fate” -, o grupo mostrou um hard rock refinado, com toques discretos de rock progressivo, dessa vez acrescentou doses generosas de peso em algumas músicas. O lançamento do novo material aconteceu na quinta-feira, 03 de agosto, e o local escolhido foi o Estúdio Espaço Som. Apesar de a quantidade de público ter sido pequena, o power trio, que desde seu início no longínquo ano de 1992, segue inabalável e ainda hoje é formado por Marcelo Frizzo (vocal e baixo), Jaeder Menossi (guitarra e vocais de apoio) e Loks Rasmussen (bateria), soube tirar esse fato de letra, mostrando-se empolgado em palco.


 
Para o início do show a banda preparou uma sequência recheada de músicas de “Resilient”. Assim, vieram de uma tijolada só, “Drying the Memories”, “Undone”, “Shooting Star”, a própria “Resilient”, e mais a cadenciada “Reasonable”, a pesadíssima “A New Beggining” – com partes bastante velozes -, “Hollow Man” e a intrincada “Broken Leg Horse”. Em dado momento, Frizzo ressaltou que, além de estar lançando seu terceiro álbum, o Pop Javali está completando 25 anos de carreira. Tal marca rendeu aplausos, assim como o solo de guitarra que Menossi executou em uma parte do set. Em outra pausa, o comunicativo Frizzo falou sobre o conceito por trás de “Resilient”: “Esse álbum tem como tema a resiliência, a superação, enfim, é sobre vencer as adversidades”, explicou.


 
Nas primeiras músicas houve certa deficiência no som, que ficou um pouco embolado quanto ao volume dos instrumentos da linha de frente do Pop Javali. O baixo de Frizzo estava alto, ao contrário da guitarra de Menossi, que sumia nos riffs. Mas no decorrer tudo se acertou, apesar de em dado momento os músicos terem aproveitado um dos intervalos entre uma música e outra para checar de onde vinha o cheiro de queimado que foi notado por todos. Felizmente, nenhum equipamento foi danificado e o show prosseguiu normalmente, com os três integrantes do Pop Javali mostrando técnica em seus respectivos instrumentos.
 
Dando continuidade à sua apresentação, apesar de estar divulgando o novo álbum, a banda não ignorou os anteriores. O primeiro a ser revisitado foi “The Game of Fate”, e dele a banda mandou uma dobradinha formada por “A Friend That I’ve Lost” e “Wrath of the Soul”. Após uma última amostra de “Resilient”, com “We Had it Coming”, foi a vez de Frizzo, Jaeder e Rasmussen tocarem “Silence”, que foi a única música a representar o debut “No Reason to be Lonely”.


 
Se a banda achou que ali o seu show estava encerrado, se enganou. As pessoas começaram a pedir pela melódica “Healing No More”, outra de “The Game of Fate”, uma das mais legais do Pop Javali e que ficou conhecida devido ao videoclipe, que teve cenas gravadas do grupo tocando no próprio Estúdio Espaço Som. Apesar de não estar programada, a música foi tocada e aí sim Frizzo, Menossi e Rasmussen finalizaram sua apresentação. Ao final, o carismático trio atendeu à todos para fotos e bate-papo. Assim, nesse clima de confraternização, concretizou-se o lançamento de “Resilient” e mais um capítulo foi escrito na história do Pop Javali.
 
POP JAVALI – Set list:
Drying the Memories         
Undone                               
Shooting Star                     
Resilient                              
Reasonable                        
A New Beginning              
Hollow Man                         
Broken Leg Horse              
A Friend That I’ve Lost      
Wrath of the Soul               
We Had It Coming             
Silence                                
Healing No More

                           


Roadie Crew copyrights © 2011 - All Rights Reserved - Todos os Direitos Reservados - Melhor visualizado em 1024x768