12 de Dezembro 2017
RSS
Edição:
#180
Mês:
JAN
Ano:
2014
DESTAQUES SEÇÕES
Sepultura
Melhores de 2013 - Equipe ...
Ayreon
In Solitude
Almah
Deicide
Krokus
Sammy Haggar
Black Dahlia Murder
Turisas
Editorial
Cenário
Roadie Mail / Memória / Top 3
Blind Ear - Howie Simon (Alcatrazz)
Hidden Tracks - Autograph
Eternal Idols - Andrew “Mac“ McDermott
Releases
Garage Demos
Classicover - Children of the Grave
Backspage
ClassiCrew/Aconteceu...
Live Evil – Kiss Kruise
Live Evil - Meshuggah
Live Evil - Korzus
Live Evil - ThorHammerFest
Live Evil - Sepultura
Live Evil - Steve Vai
Live Evil - Helloween e Gamma Ray
Playlist - Hansi Kürsch - Blind Guardian
Collection - Suicidal Tendencies
Background – Ratt – Parte 3
Stay Heavy Report
Profile - Alexandre da Cunha (MX)
Poster - Calendário 2014
Sepultura
Por Guilherme Spiazzi

Em trinta anos de estrada, o Sepultura viveu altos e baixos como qualquer banda ou empresa de sucesso. Superar as adversidades, viver o momento presente e aprender foram premissas básicas que asseguraram a sobrevivência do grupo. Com o décimo terceiro disco de estúdio em mãos, Derrick Green (vocal), Andreas Kisser (guitarra e vocal), Paulo Jr. (baixo) e Eloy Casagrande (bateria) encontram-se com as pilhas totalmente carregadas e prometem muita coisa para 2014. Nesta franca conversa com a ROADIE CREW, Andreas Kisser deixou claro o significado do Sepultura de hoje. O músico destaca o caminho percorrido para que eles pudessem se manter vivos, a importância de sangue novo na banda e a constante busca por mudanças. Além disso, o guitarrista deixa claro o quão importante para si e para o Heavy Metal é ter a cabeça aberta e como a sociedade brasileira poderia se beneficiar muito mais se enxergasse o Metal como ele é. O Sepultura é do Brasil e vem deixando a sua marca pelo mundo. 

Roadie Crew copyrights © 2011 - All Rights Reserved - Todos os Direitos Reservados - Melhor visualizado em 1024x768